O ITPA recebeu, nos dias 19 e 20 de janeiro, toda a equipe que integra a nova Secretaria de Meio Ambiente de Rio Claro. O encontro tinha o objetivo de realizar um diagnóstico e planejamento para a nova gestão – que assumiu em 2017 – e contou com a participação de todos os envolvidos, desde o novo Secretário, Cid Junior, aos Guardas Ambientais. A metodologia utilizada é chamada de “Programa de Gestão Ambiental Integrada (PGAI)” e foi desenvolvida pelo ITPA justamente para gerenciamento de políticas públicas na área ambiental.

O primeiro dia de planejamento foi iniciado com a montagem da “árvore dos sonhos”. Os participantes compartilharam seus maiores desejos para a cidade e a partir deles foi montada uma grade de atividades que podem ser consideradas “os primeiros passos” para alcançar tais resultados. Feito isso, o restante do dia foi destinado ao planejamento da Agenda Verde e da Agenda Marrom, que tratam de Unidades de Conservação e Destino de Resíduos, respectivamente.

Já o segundo dia decidiu o restante das agendas: Azul, Amarela, Branca e uma extra chamada de “Desenvolvimento Rural Sustentável”. Nessas foram tratados assuntos como saneamento básico, educação ambiental, questões institucionais e desenvolvimento.

Saneamento básico

Para entender melhor sobre saneamento os participantes puderam conhecer toda a obra de saneamento rural realizada pelo ITPA no bairro Francisco Fragoso, em Miguel Pereira. Apesar de termos realizado uma obra também de saneamento rural na Quilombola no Alto da Serra, em Rio Claro, a técnica e materiais utilizados foram diferentes, o que resultou numa variedade de opções para a Secretaria, que visa realizar o saneamento da cidade num futuro breve.

Histórico em Rio Claro

O ITPA trabalha no município de Rio Claro há mais de 10 anos. A princípio, quando o nosso trabalho foi iniciado na região o Meio Ambiente era um departamento de Agricultura, uma realidade completamente contrária à de hoje em que o ICMS Verde representa mais de 15% do orçamento municipal (4º no Ranking Estadual). O segundo maior Parque Estadual que ajudamos a criar está localizado na cidade, assim como um dos maiores programas de incentivo financeiro e recuperação florestal.